terça-feira, 2 de março de 2010

Perfil

A proliferação de sites de relacionamentos e contatos é uma forte realidade. Cada vez mais as pessoas deixam de enviar as mensagens de piadas para sua agenda, para atualizar o twitter, o buzz, o linkedin, o facebook, orkut....

A forma de comunicação vem mudando a uma velocidade que nem todos conseguem acompanhar.

De repente você deixa de receber piadas para receber pedidos para entrar numa fazenda. E haja solicitação! Se eu for receber todos os presentes, atender a todos os pedidos, não farei outra coisa a não ser acompanhar os muito grupos de toda espécie de jogos, dos mafiosos aos aquáticos, passando por cidades, fazendas, vilas de peixes, um sem fim de jogos.

Alguns destes sites agora atualizam outros. Melhor assim, imagina ter que atualizar todos os status, dar um copy/paste em todas as suas postagens. Ainda assim, está muito a desejar o sincronismo entre eles.

Veja, por exemplo, a questão do perfil: para cada site,você é uma pessoa diferente, esquizofrênica talvez. Tudo bem, você é um profissional e não quer misturar seus dotes físicos e emocionais com seu skill profissional e seus muitos anos de experiência. Mas, uma coisa interessante é que, praticamente, toda a rede de relacionamento de um lado, como a rede do outro lado, mantem os mesmos contatos.

Será que somos tão diferentes a ponto de ter um perfil por site? Então, haja criatividade para mostrar as nossas muitas facetas.

Pensando bem, imagina você dizer que é romantico num site de perfil profissional, ou, você é exerce liderança e tem um grande poder de persuasão, num site de relacionamento amoroso. Complicado.

Tenho eu que escrever meu perfil em poucas palavras. Para qual site mesmo? Qual é mesmo o perfil do site? E se eu estiver escrevendo sobre a pessoa (meu eu) errada? Meu perfil tem a ver com o perfil do site? Crise de identidade.

Levo uma manhã inteira atualizando status, solicitando novos contatos, acompanhando a fezenda, os peixes. Mais uma revolução em nossos hábitos e que certamente mudará.

A tendência geral é a globalização. Sendo assim, a globalização destes sites, ou sua incorporação por outros, é o destino.

Ao se globalizar os relacionamentos e seus muitos tipos, voltaremos a ser únicos, unos, integrais? Com um único perfil?





Nenhum comentário:

Postar um comentário